Guerra do Pão na Venezuela

Sem brioches

A “guerra do pão” da Venezuela – onde o governo está fechando padarias que “desperdiçam” farinha em brownies e produtos caros – cruzou as fronteiras.

O brasileiro Antero Pereira fez manifesto em nome da CIPAN – que reúne padarias de todo o continente – criticando “a clara perseguição” de Nicolás Maduro à categoria, “que luta para manter os negócios e os empregos”.

Publicado no jornal o Estado de São Paulo, edição de 19/03/2017. Na coluna da Sonia Racy – Direto da fonte