DIA DO PANIFICADOR É COMEMORADO COM PAGODE E MUITA ANIMAÇÃO

DIA DO PANIFICADOR É COMEMORADO COM

PAGODE E MUITA ANIMAÇÃO

 

O SAMPAPÃO comemorou no dia 5 de julho, o DIA DO PANIFICADOR. A grande novidade desse ano foi a mudança de lugar. O Jantar aconteceu no Buffet Tôrres, em Moema e parece ter agradado boa parte dos participantes. “Temos por volta de 1000 pessoas, acho que ficou bem melhor aqui”, explicou o presidente das entidades, Antero José Pereira.

Segundo ele a data é muito importante por reverenciar os panificadores e por reuni-los em uma noite de gala para comemorar com a esposa, filhos e amigos. O presidente do SAMPAPÃO também fez questão de lembrar o momento difícil que vive a panificação, bem como os demais setores da indústria.

“No caso da panificação com essa alta estrondosa do dólar, aumento da farinha e sem termos condições de repassar para o consumidor final, a situação ficou muito difícil.” Ele ainda lembrou a Reforma Trabalhista que trouxe uma mudança na contribuição sindical. “Havia necessidade de fazer essa reforma, mas a reforma sindical foi muito violenta. Ela nos tirou os pilares da sustentação e nos deixou as mesmas obrigações que tínhamos antes.”

Christian Saigh, do Sindustrigo e do Moinho Santa Clara, explicou que o setor sofreu com o atraso na entrega do trigo nos moinhos. “Muitas fábricas ficaram uma semana sem moer um grão de trigo, então queria deixar claro que foi uma situação pontual, esperamos e estamos fazendo de tudo para contornar para que fique bom para todos.”

O vice-presidente do SAMPAPÃO, Rui Manuel afirmou que os jantares representam a união do setor de panificação de São Paulo. “É muito importante, mostra a força da panificação”. Ele também destacou a beleza do novo salão, a qualidade do serviço e lembrou que o importante é o panificador feliz.

O presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira de São Paulo, Antonio de Almeida e Silva, também elogiou a escolha do novo local. Para ele, participar do evento é uma obrigação. “Não tem como; nossa comunidade tem tudo a ver com esse setor. Temos um profundo orgulho dele e hoje dessa diretoria que está aí e tem feito um trabalho extraordinário de aproximação, inclusive com a sociedade brasileira.”

Como sempre o evento contou com a presença do vereador Toninho Paiva e do Deputado Federal, Arnaldo Faria de Sá. O vereador reforçou a parceria com o segmento e a importância do pão de cada dia. “Aqui você revê amigos, a comunidade portuguesa e o trabalho do SAMPAPÃO. Tenho certeza que se ele não existisse não teríamos esse glamour. O Antero e toda a diretoria estão de parabéns.”

Arnaldo Faria de Sá diz que é uma alegria participar do Jantar. “São Paulo é o estado mais importante do país, sem dúvida nenhuma, a grande festa da panificação é essa. Apesar da crise econômica, das dificuldades, o setor continua superando, buscando alternativas e soluções.”

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henrique Costa, também esteve presente e parabenizou as entidades. “Com certeza trabalham muito para fazer com que a entidade fique cada vez mais forte e para que o setor continue crescendo.”

Para a Bunge a panificação está no sangue. A empresa, com mais de 100 anos no Brasil, esse ano faz 200 no mundo. O chef Luiz Farias comenta que a empresa e o setor têm uma parceria “maravilhosa”. “A Bunge sempre procura colaborar, contribuir, compartilhar, por isso está sempre presente em grandes eventos importantes como este.”

O gerente do Departamento de Vendas da Anaconda, José Manuel Coelho, garantiu que é um prazer participar do jantar. “Para nós esse setor de panificação é muito representativo.”

Quem também parabenizou as entidades pelo evento foi o Coordenador de Marketing e Promoções da Coca-Cola Brasil, Fábio Pereira Moreira. “O evento está lindo. Quero agradecer a oportunidade de estar mais um ano participando, sustentando relacionamentos e as parcerias de longos anos e esperando outros anos pela frente.”

Sérgio Luiz dos Santos, do Moinho Pacífico, afirmou que o maior patrimônio da empresa é a panificação. “Não podemos ficar fora de um evento como esse e sempre que formos convidados estaremos aqui.”

A grande surpresa da noite ficou por conta da presença do cantor Roberto Leal. Ele chegou sem avisar e ainda presenteou o público com um mini show, com quatro músicas. “Não é um show, mas uma entrega de alma. Eu quis estar aqui, preciso estar aqui. Preciso desse abraço”.

Como ocorre tradicionalmente o Sampapão homenageou quatro padarias, a Fiorella Pães e Doces, Lar do Jaçanã, Panificadora Mandala e Piriquito Pães e Doces. O show ficou por conta da banda “Fundo de Quintal”.