Circular 05 - CLÁUSULA 20ª - DO SEGURO DE VIDA - CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CLÁUSULA 20º - DO SEGURO DE VIDA - CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

Lamentavelmente, o Sindicato dos Trabalhadores, mesmo após ter discutido e acordado a Convenção Coletiva de Trabalho 2009/2010, tê-la assinado e ter total consciência de que ela está em plena vigência para todos os efeitos legais, uma vez que já foi inclusive registrada no DRT, vem telefonando aos contadores e panificadores, dizendo que o Seguro Vida negociado pelo SINDIPAN – SÃO PAULO com a Cia. Porto Seguro está em desacordo com a convenção coletiva, o que NÃO É VERDADEIRO.

O Sindicato Patronal negociou com a Porto Seguro condições específicas para atender ao que ficou estabelecido na Convenção, e as cláusulas da apólice são de pleno conhecimento e aquiescência do Sindicato dos Trabalhadores. Além disso, o Sindicato Patronal, em conjunto com o Sindicato dos Trabalhadores convidou os contadores para uma reunião onde foram explicadas pormenorizadamente todas as cláusulas e condições da Apólice de Seguro de Vida  e que a Porto Seguro seria a seguradora indicada aos panificadores, tendo sido informado inclusive o preço que seria cobrado por funcionário.

Infelizmente o Sindicato dos trabalhadores, em flagrante desrespeito ao que foi combinado e ficou estabelecido, não sabemos com que intenção e nem o que está por trás disso, vem telefonando para os contadores e para os panificadores, apresentando outra empresa seguradora, inclusive com cláusulas alteradas como, por exemplo: cesta de R$ 400,00 ao invés de R$ 200,00 e kit bebê que está previsto apenas para as funcionárias que vierem a dar a luz e eles acrescentaram também os funcionários, quando suas mulheres tiverem filhos.

Alertamos aos panificadores e contadores que ao Sindicato dos Trabalhadores cabe apenas e tão somente defender os interesses dos trabalhadores, não sendo de sua competência oferecer produtos que serão pagos pelas padarias.

Cabe ao SINDIPAN – São Paulo a defesa dos interesses de seus associados e representados. Por esta razão alertamos aos panificadores que fiquem atentos a tudo que não venha do Sindicato Patronal.


Quaisquer dúvidas consultem o Departamento Jurídico Trabalhista do Sindicato Patronal que poderá prestar toda a orientação a respeito deste assunto.

 Uma classe sem representação não tem voz e sem união não tem força.

 É o seu sindicato e sua associação trabalhando, cada vez mais, em prol dos seus associados.

ANTERO JOSÉ PEREIRA
Presidente Sindipan/Aipan/IDPC-SP

 PS.:    Participe das reuniões do seu sindicato todas as primeiras e segundas 3ªs. feiras de cada mês.