Fipan 2016

COM A PRESENÇA DE AUTORIDADES,

É ABERTA A FIPAN 2016

 

No último dia 26, foi aberta a FIPAN 2016, o evento de maior destaque no setor das indústrias de panificação, confeitaria e food service em geral. A solenidade contou com a presença de autoridades, como o presidente da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, e Antero José Pereira, presidente do Sampapão, além de parlamentares que representam a indústria panificadora. Apesar do cenário que a economia brasileira enfrenta, o público esperado é grande. De acordo com Christian Saigh, presidente do Sindicato da Indústria do Trigo no Estado de São Paulo (Sindustrigo), a expectativa é que ultrapasse os 62 mil visitantes nos quatro dias de evento.

“No meio desse momento de crises políticas e econômicas, enfim, no meio de tanta notícia ruim, essa é a economia verdadeira, essa é a economia real, esse é o Brasil que nós acreditamos. É o Brasil do trabalho, da seriedade, o Brasil de levantar cedo e dormir tarde, o Brasil de produzir, de comercializar. É o Brasil de realizar. O Brasil que respeita as pessoas, respeita a educação, respeita a oportunidade das pessoas, é isso que a indústria de São Paulo faz”, afirmou Skaf.

Também comentando o cenário econômico brasileiro, Antero Pereira ressaltou a importância da FIPAN para o setor nesse momento. “Quando a gente fala em crise, metade dessa crise está na nossa cabeça. E tinha um grande sábio lá na minha aldeia, que era o famoso João Borralho, que os senhores ainda não conhecem, mas um dia vão conhecer, que dizia “não há crise que resista ao trabalho”. E o setor de panificação trabalha e trabalha muito, é a única indústria e comércio que abre as portas primeiro, durante a madrugada, durante o dia, e é o último que se encerra, quando encerra, porque tem padaria que trabalha 24h por dia.”

Toninho Paiva, vereador, também comentou sobre a atuação da feira no cenário econômico brasileiro. “Essa beleza de feira da panificação, com todos os problemas, com a crise que o país atravessa, está aqui a feira trazendo a economia do Brasil e de fora do Brasil, que vem aqui visitar o evento.”

Também presente, o deputado Federal Arnaldo Faria de Sá fez questão de lembrar que é realmente a feira que ajuda a superar a crise, com o trabalho e empenho de todos. “E sem dúvida nenhuma, panificação está à frente de todos os problemas. E como a gente sempre diz, nós queremos garantir a qualidade do pão, do pãozinho, da melhor farinha de trigo, e quem quer misturar mandioca, mandioca neles!”

“Mais um ano de FIPAN, o público esperado é mais de 62 mil pessoas, e isso demonstra, em meio a crise, esse setor pujante e importante para a economia nacional, a economia brasileira. Nós aqui, como os moinhos de trigo, represento aqui o Sindustrigo, temos sete expositores apoiando aqui a FIPAN, como todo ano a gente faz. E isso demonstra e reforça o nosso respeito e a nossa admiração pelo vosso setor”, reforçou Saigh.

“O papel da pequena empresa na economia do Brasil sempre foi importante, sempre ajudou a superar crise, neste momento, o Brasil nunca precisou tanto da pequena empresa como vai precisar neste momento para superar a crise econômica que a gente está vivendo. E não haverá saída para a crise se não for o papel destacado da pequena empresa. Em todas as crises, a gente compara o papel da grande empresa na empregabilidade e o papel da pequena empresa, e você vai ver que o saldo positivo sempre da pequena empresa, com todas as dificuldades”, afirmou Vicente Cândido, deputado federal. Também esteve presente no evento Manoel Rodrigues, presidente da AIPESP, que agradeceu a presença de todos e elogiou a organização da feira.

 

 

Confira as fotos da Feira FIPAN 2016